0 Carrinho de Compras
Adicionado ao carrinho
    Tens itens no teu carrinho
    Tens 1 item no teu carrinho
      Total
      EN PT

      Oker - Okerland

      Okerland by Oker

      Na cena do graffiti nacional, Oker (Mário Fonseca) dispensa apresentações. O seu estilo distinto, outlines precisos e imaginação fértil tornam-no num dos principais writers do Porto. Procura mostrar diferentes abordagens estéticas nas suas obras mas sempre mantendo uma linguagem muito própria, suscitando interesse de grandes marcas como a Super Bock ou a Red Bull. Visualmente é uma lufada de ar fresco, com letras coloridas, ilustrações de linhas orgânicas, personagens animadas e texturas abstratas que dão às suas composições uma aparência limpa. Oker é um daqueles artistas que faz o desafio mais complexo parecer uma brincadeira de crianças.

      Okerland é o resultado dos últimos meses de trabalho do artista embebidos em nostalgia dos anos 90. Oker balança entre manhãs de Domingo a ver desenhos animados e snacks com brindes que se tornam ícones para criar a sua nova exposição. Absorvendo uma boa fatia de influência do mundo technicolor das décadas pré-internet marcado por programas como “Doug” ou a “Trupe do Pateta” o artista re-inventa-se uma vez mais estéticamente numa abordagem vincada à memória colectiva de uma geração.

      Misturando os traços fortes que lhe são característicos desde o início da carreira dentro da cena do graffiti com as formas destes personagens clássicos Oker deslinda os cenários que povoaram a sua imaginação ao longo dos anos. Ainda que este seja um estilo de ilustração clássico, a sua interpretação é fresca e baseada numa manipulação de composições e texturas que elevam simples figuras como o célebre Vitinho ao estatuto de arte.

      De uma forma concisa “Okerland” é uma viagem de retorno aos anos da inocência sem tirar os pés da actualidade.